Blog

Cuidados no pós-operatório da otoplastia

pós-operatório da otoplastia
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Uma das principais dos pacientes são os cuidados no pós-operatório da otoplastia. Conhecida como a cirurgia plástica que corrige as chamadas “orelhas de abano”, a cirurgia também é indicada em casos de deformidades das orelhas. O procedimento costuma ser realizado em pacientes dos 5 anos em diante, e tem poucas contra-indicações, sendo apontada inclusive como uma necessidade para o bem-estar e o desenvolvimento das crianças.

A otoplastia é considerada rápida, durando em torno de duas horas, aproximadamente. O procedimento deve ser feito sempre em ambiente hospitalar, utilizando sedação e anestesia local ou geral (dependendo da idade do paciente).

Na otoplastia, o cirurgião realiza uma incisão na parte de trás da orelha, seguindo a dobra natural da pele. O corte permite a retirada do excesso de pele e cartilagem, além de possibilitar uma nova moldagem conforme as necessidades de cada indivíduo. 

O pós-operatório da otoplastia costuma ser tranquilo e sem complicações, mas alguns cuidados são necessários para o melhor desempenho do procedimento e do resultado. Confira algumas dicas abaixo: 

Curativo no pós-operatório da otoplastia

Após o procedimento, o paciente deve ficar com um curativo por dois dias. E, posteriormente, será necessário utilizar uma faixa (tiara de malha) durante um mês, só retirando o acessório para tomar banho. Após o período, a faixa será utilizada ainda por mais 30 dias, mas apenas para dormir. 

Banho e higiene

O paciente deve lavar a região apenas com água e sabonete, secando bem a região.

Retirada de pontos

Sem qualquer dor, os pontos são retirados entre uma semana e 10 dias. 

Atividades externas

Recomendo que se evite sol forte e atividades que possam evitar traumatismos, além de ficar longe de vento e frio excessivo.

Rotina no pós-operatório da rinoplastia

Após aproximadamente uma semana, é possível retomar as atividades (escolares ou profissionais) normalmente.Como se pode ver, os cuidados são simples, mas que exigem atenção tanto do paciente como dos familiares. O mais importante segue sendo o acompanhamento médico do especialista que fez o procedimento no paciente. Verificar condições, curativos e cicatrização fazem a diferença no resultado.


Confira também: 3 perguntas e respostas sobre a otoplastia.


Sobre a Dra Ane Trento

Dra Ane Trento é Otorrinolaringologista, com residência médica realizada no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná, em Curitiba, e Fellow em Cirurgia Facial no Hospital do Instituto Paranaense de Otorrinolaringologia (IPO). Atende em Santa Catarina (SC), nos municípios de Criciúma, Tubarão e Içara. Para mais informações, clique aqui.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Dra Ane Trento é Otorrinolaringologista, com residência médica realizada no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná, em Curitiba, e Fellow em Cirurgia Facial no Hospital do Instituto Paranaense de Otorrinolaringologia (IPO).

Atende em Criciúma (SC).

Contato