Blog

Otoplastia: conheça a cirurgia para corrigir as orelhas de abano

otoplastia
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

A otoplastia, também conhecida como cirurgia plástica das orelhas, corresponde a várias técnicas indicadas para melhorar a forma, a posição ou a proporção da orelha. Em geral é utilizada para a correção de orelhas proeminentes (de abano), embora também seja recomendada para o tratamento de problemas como sequelas de traumas, ausência congênita das orelhas e orelhas constritas.

A técnica traz equilíbrio e proporção entre rosto e orelhas, promovendo efeitos positivos na autoestima dos pacientes, principalmente quando estão relacionadas a impactos sociais, frequentemente vividos na infância e na adolescência.

Indicação

A orelha de abano possui diferentes graus, que são baseados na quantidade de alterações anatômicas no órgão. Entretanto, a indicação é baseada na intensidade do incômodo sentido pelo paciente. Existem pessoas com orelhas proeminentes que se sentem bem, enquanto outras, apesar do grau mais leve, sofrem com o problema. Por isso, conversar com o médico cirurgião abertamente sobre sua condição é essencial antes de decidir realizar o procedimento.

Como funciona o procedimento de otoplastia

Antes de realizar a cirurgia é indispensável a realização de exames pré-operatórios para verificar as condições do organismo. Esta avaliação é muito importante para prever eventuais riscos do procedimento.

Na otoplastia, o cirurgião faz pequenos cortes na parte de trás da orelha. Depois, cria uma nova dobra na orelha para permitir que ela fique junto da cabeça, e, quando necessário, faz a remoção do excesso de cartilagem. As cicatrizes da otoplastia são pouco perceptíveis e o tempo de internação é curto. Após o procedimento, o paciente precisa usar uma faixa de compressão elástica na zona operada durante o período recomendado pelo cirurgião.

Idade mínima para a otoplastia

A otoplastia indicada para correção de “orelhas de abano” pode ser feita a partir dos 5 anos de idade, pois é nesta época que a cartilagem deixa de crescer, sem riscos do problema voltar a surgir após a cirurgia.

Se você deseja realizar uma otoplastia, busque um profissional de sua confiança, com habilitação para a realização de cirurgias faciais. A escolha do médico especializado é muito importante para a segurança e qualidade do seu procedimento.


Veja como realizar uma cirurgia plástica segura clicando aqui.

Sobre a Dra Ane Trento

Dra Ane Trento é Otorrinolaringologista, com residência médica realizada no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná, em Curitiba, e Fellow em Cirurgia Facial no Hospital do Instituto Paranaense de Otorrinolaringologia (IPO). Atende em Santa Catarina (SC), nos municípios de Criciúma, Tubarão e Içara. Para mais informações, clique aqui.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Dra Ane Trento é Otorrinolaringologista, com residência médica realizada no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná, em Curitiba, e Fellow em Cirurgia Facial no Hospital do Instituto Paranaense de Otorrinolaringologia (IPO).

Atende em Criciúma (SC).

Contato